14 de set de 2010

Conversas

Já reparei que em todas as "mesas" de reunião ou "encontros" de segurança circulam histórias sobre a segurança ou a falta dela nas obras. Na minha opinião a maior parte das pessoas que contam essas histórias não as viveram, mas adoram contá-las como se isso lhes enriquecesse o curriculum, como se ganhassem consideração pelos ouvintes. Quanto mais académicos, "teóricos", "limpinhos" são os contadores das histórias mais a história ganha contornos desajustados da realidade e tornam-se verdadeiras anedotas as histórias e as pessoas que as contam. Reconheço que em parte o problema é meu, levo demasiado a sério os acidentes e incidentes para os contar de forma coloquial, acho que são fruto da ignorância e da forma leviana como os actores das obras encaram a vida profissional, no fundo lamento, tenho muita pena, fico triste que aconteçam.

Um comentário:

ProjecTrabalhos disse...

Boa noite

Seu blog tem muita informação ao qual tem tudo a ver com uma elevada percentagem com o nosso Blog. No entanto e após verificarmos no blog, nao existe nenhum contacto, decidimos postar aqui a nosso solicitação e nosso email (projectrabalhos@gmail.com) para nos contactar, temos uma proposta a fazer e uma sugestão.

Cumprimentos e desejamos boa continuação de bons posts da actualidade em que estamos