4 de mar de 2009

Absurdo?

A propósito do artigo 15.º e da minha surpresa manifestada aqui, com a dificuldade que me deparo cada vez que recolho as assinaturas dos projectistas, afinal ainda é possível surpreender-me mais: na empresa onde trabalho aconteceu um Arquitecto pedir de volta a sua declaração assinada porque se tinha informado na Ordem dos Arquitectos que não tinha nada que assinar tal declaração. A situação tornou-se embaraçosa, não lhe foi devolvida a declaração e abriu-se uma brecha nas boas relações. Compreendo a posição do Arquitecto. Não compreendo a informação que supostamente a Ordem dos Arquitectos passa aos seus associados. Era bom haver esclarecimentos para ambas partes!